HOME
INSTITUCIONAL
PREVENÇÃO DE MOLÉSTIAS
MOLÉSTIAS OCULARES
CONSULTAS
EXAMES
CIRURGIAS
LENTES DE CONTATO
LASER
IMO IN COMPANY
IMO MELHOR IDADE
IMO NA MÍDIA
PRODUÇÃO CIENTÍFICA
CONTATO
26 de Maio: Dia Nacional de Combate ao Glaucoma
Prevenir a cegueira ainda é um dos grandes desafios da Oftalmologia. “No Brasil, ainda não existe a consciência da gravidade do glaucoma. É preciso apostar na promoção da visão, que consiste em repassar informações à população sobre os meios de evitar doenças ou a perda visual. O glaucoma faz parte de um grupo de doenças oculares que, gradualmente, ‘roubam a visão’ sem aviso prévio e, não raro, sem sintomas. A perda da visão é causada por um dano no nervo óptico. Durante muito tempo, acreditou-se que a pressão intraocular (PIO) alta era a principal causa desse dano ao nervo óptico. Embora a pressão intraocular alta seja um fator de risco, atualmente, é sabido que outros fatores também devem ser levados em conta”, afirma o oftalmologista Virgílio Centurion (CRM-SP 13.454), diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares.
Desafios do tratamento do glaucoma
Muitos pacientes lutam diariamente para aderir ao tratamento do glaucoma, especialmente os que estão gerenciando outros problemas de saúde, ao mesmo tempo. Mas, para cada dificuldade, há uma solução única, que pode ser desenvolvida para cada paciente. Não tenha medo de perguntar ao oftalmologista tudo o que você precisa saber sobre o tratamento do glaucoma. Consulte a playlist de vídeos do IMO sobre a doença.
Primeiros sinais de glaucoma na infância
Embora incomum, o glaucoma infantil é um grave problema médico. O diagnóstico e o tratamento precoces oferecem a melhor esperança de prevenir a cegueira. No Brasil, não temos dados precisos sobre a incidência e a prevalência do glaucoma na infância. Tal ausência de dados epidemiológicos é determinada pela subnotificação dos casos e pelo fato de as famílias migrarem para os grandes centros em busca de tratamento.
Quedas em pacientes com glaucoma
Pessoas com glaucoma apresentam um risco três vezes maior de cair do que aqueles sem a condição. As pesquisas, até agora, haviam demonstrado apenas uma fraca correlação entre os resultados obtidos pelos testes de campo visual e o risco de quedas em pacientes com glaucoma. Para resolver esse problema, um grupo de pesquisadores desenvolveu uma abordagem nova e mais eficaz, usando um óculos de realidade virtual.
Como o HIV / AIDS afeta a visão?
Como o HIV provoca um colapso do sistema imunológico, todos os órgãos ficam suscetíveis à infecção, incluindo os olhos. Pessoas com HIV que conseguem manter sua imunidade alta são menos propensas a desenvolver problemas oculares relacionados com o sistema imunológico suprimido. No entanto, 70% dos pacientes com distúrbios avançados em decorrência da AIDS apresentam problemas oculares.
BUSCA
Palavra-chave
LINKS RELACIONADOS
Quem tem catarata pode ser operado, mesmo na presença de outra doença ocular?
Catarata a laser: cirurgia sem corte é possível?
NEWSLETTER
Cadastre-se para receber novidades do IMO.
Nome Completo
E-mail
NOSSOS INFORMATIVOS
Ceratocone
Conjutivite
INFORME LEGAL
As informações contidas em nossa homepage têm caráter informativo e educacional. O seu conteúdo jamais deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Em caso de dúvida, o profissional médico deverá ser consultado, pois, somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.

Dr. Virgilio Centurion
Diretor Clínico
CRM-SP 13.454