HOME
INSTITUCIONAL
PREVENÇÃO DE MOLÉSTIAS
MOLÉSTIAS OCULARES
CONSULTAS
EXAMES
CIRURGIAS
LENTES DE CONTATO
LASER
IMO IN COMPANY
IMO MELHOR IDADE
IMO NA MÍDIA
PRODUÇÃO CIENTÍFICA
CONTATO
Aumento da miopia associada a níveis de educação mais elevados e mais anos de escolaridade
Pesquisadores alemães descobriram fortes evidências de que um maior nível de educação e mais anos no banco escolar são dois fatores associados a uma maior prevalência e gravidade da miopia. Publicado on-line na Ophthalmology, a revista da Academia Americana de Oftalmologia, a pesquisa é o primeiro estudo de base populacional a demonstrar que os fatores ambientais podem superar a genética no desenvolvimento da miopia. Embora comum, a miopia tornou-se ainda mais prevalente em todo o mundo nos últimos anos e apresenta-se como um problema de saúde global em crescimento. “A alta miopia é uma das principais causas de deficiência visual e está associada com um risco maior de descolamento de retina, degeneração macular, catarata precoce e glaucoma”, afirma o oftalmologista Virgílio Centurion (CRM-SP 13.454), diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares.
Medicamentos para pressão alta x risco de desenvolver DMRI
Pode haver uma ligação entre a ingestão de vasodilatadores e o desenvolvimento da degeneração macular relacionada à idade, (DMRI), em estágio inicial. A doença é a principal causa de perda de visão e cegueira entre os americanos com 65 anos ou mais. As informações são de um estudo publicado on-line na Ophthalmology, revista da Academia Americana de Oftalmologia.
Dormir de olhos abertos: deficiência da pálpebra superior
A lagoftalmia é uma condição que impede a pessoa de fechar as pálpebras, enquanto a lagoftalmia noturna é quando as pálpebras não fecham durante o sono. A incapacidade de fechar completamente as pálpebras pode levar à irritação nos olhos, pois o fechamento adequado da pálpebra e a função de piscar são elementos necessários para a película lacrimal do olho e da córnea se manterem saudáveis.
Alfa-bloqueadores podem comprometer o resultado da cirurgia de catarata
A Sociedade Americana de Catarata e Cirurgia Refrativa (ASCRS) e a Academia Americana de Oftalmologia (AAO) emitiram, conjuntamente, uma atualização educacional sobre as complicações da cirurgia de catarata associadas ao uso de alfa-bloqueadores sistêmicos, com base em dois novos estudos publicados em revistas médicas oftalmológicas. A cirurgia de catarata é uma das cirurgias mais comuns nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de procedimentos realizados anualmente.
O perigo das lesões oculares relacionadas ao trabalho
A cada ano, 300 mil americanos são atendidos em salas de emergência para tratar uma lesão ocular ocorrida no local de trabalho. Uma parcela significativa dessas lesões oculares ocorre em setores de manufatura, construção e mineração, indústrias que estão experimentando um crescimento do número de empregados recente. A Academia Americana de Oftalmologia emitiu um alerta sobre o tema, lembrando empregadores e trabalhadores destas áreas sobre a importância de usar proteção para os olhos.
BUSCA
Palavra-chave
LINKS RELACIONADOS
Quem tem catarata pode ser operado, mesmo na presença de outra doença ocular?
Catarata a laser: cirurgia sem corte é possível?
NEWSLETTER
Cadastre-se para receber novidades do IMO.
Nome Completo
E-mail
NOSSOS INFORMATIVOS
Catarata
Ceratocone
Conjutivite
Degeneração macular
Glaucoma
INFORME LEGAL
As informações contidas em nossa homepage têm caráter informativo e educacional. O seu conteúdo jamais deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Em caso de dúvida, o profissional médico deverá ser consultado, pois, somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.

Dr. Virgilio Centurion
Diretor Clínico
CRM-SP 13.454